O que é Hormese / Hormesis?

Hormese é uma palavra originada do grego "hormaein" que significa "excitar". Se refere a qualquer processo onde um elemento estressor controlado provoca uma resposta adaptativa, culminando em uma proteção duradoura contra exposições posteriores.

O termo (hormesis) foi utilizado pela primeira vez em 1888 pelo farmacologista alemão Hugo Schulz para descrever o estímulo de crescimento de fungos por baixas concentrações de uma substância antibiótica, e que em concentrações mais elevadas inibiu o crescimento do fungo. Este termo é amplamente utilizado também na toxicologia e na biologia, e agora começa também a ser utilizado em processos para estimular a saúde física do ser humano.

Existem diversos processos naturais e influenciados pelo ser humano onde percebe-se a atuação da hormese, como por exemplo, as superbactérias desenvolvidas a partir do uso indiscriminado dos antibióticos, o uso da vacina para estimular o sistema imunológico e o próprio processo de hipertrofia muscular a partir da musculação.

Hormese | Saulo Fong

Hormese e o Ser humano

Ser Humano | Hormese

O conceito da hormese é utilizado em diferentes áreas do conhecimento humano como na medicina, na biologia, na farmacologia, na fisiologia e até mesmo na agricultura.

Ainda há poucas pesquisas e estudos sobre como este conceito pode ser aplicado e utilizado diretamente para o desenvolvimento e a manutenção da saúde humana.

Por ser um campo também da saúde preventiva, ainda há muito a se pesquisar sobre este assunto.

O objetivo deste site é compartilhar informações de práticas horméticas que podem ser aplicadas diretamente no ser humano para a melhora da saúde integral, priorizando assim a prevenção de doenças e o fortalecimento do corpo e da mente.


Benefícios da Hormese

Os benefícios da prática da hormese nos seres humanos podem variar dependndo do tipo de estímulo hormético.

Cada tipo de prática tem suas particularidades, estimulando e desenvolvendo aspectos diferentes do ser humano. Dentre os benefícios mais procurados estão: aumento da resiliência, aumento da capacidade de lidar com a dor e o desconforto, melhora do sistema imunológico, aumento da capacidade de lidar com o estresse e maior tolerância ao frio e ao calor dentre outros benefícios.


Tipos de Estímulos Horméticos

Dentre os diversos tipos de estímulos horméticos, os mais conhecidos e utilizados são:

Atividade Física

Qualquer modalidade física como musculação, corrida, crossfit, artes marciais, natação entre outras pode ser considerada um estímulo hormético desde que praticado na intensidade, duração e frequência adequada.

O cuidado que se deve ter ao adotar a atividade física como prática hormética é o risco de overtraining e lesão física.

Atividade Física | Hormese

Jejum Intermitente | Hormese

Jejum Intermitente

O jejum intermitente é uma conhecida prática hormética que pode ajudar a melhorar a imunidade, favorecer a desintoxicação do organismo e também melhorar a disposição e a agilidade mental.

Há diversos tipos de protocolos de jejum intermitentes que podem ser adotados:

  • Coma-pare-coma: jejum de 24 horas de uma a duas vezes por semana;  
  • Dieta do guerreiro: jejum diário de 20 horas. No período da noite, durante 4 horas, pode comer tudo que tiver vontade;
  • Protocolo Leangains: jejum de 14 a 16 horas. Janela de alimentação entre 8 e 10 horas;
  • Jejum intermitente alternado: dias de alimentação normal alternados com dias de jejum. No geral, recomenda-se nos dias de jejum uma refeição na hora do almoço e fica-se sem comer até o dia seguinte; 
  • Protocolo 5:2: jejum de 24h em 2 dias da semana e 5 dias de alimentação normal.

Fitoquímicos

Fitoquímicos são substâncias produzidas pelas plantas para se defenderem contra agentes agressores, e são justamente essas substâncias que conferem cor vibrante, sabor e aroma à diversos alimentos como o amargo da couve e a ardência das pimentas.

Existem mais de 25.000 fitoquímicos descritos, classificados como alcalóides, polifenóis, terpenos, compostos organosulfurados entre outros.

Fitoquímicos | Hormese

Sauna | Hormese

Sauna (Exposição ao calor)

A sauna é uma prática hormética muito popular nos países nórdicos.

Ele utiliza o calor extremo como estímulo estressor fazendo com que nosso corpo tenha que se adaptar ao ambiente.

Entre os benefícios cientificamente comprovados estão: redução de riscos cardiovasculares, melhora da função cerebral no humor e na respiração e relaxamento muscular, além de torná-los mais flexíveis. 


Imersão no Gelo / Crioterapia (Exposição ao frio)

Popularizada pelo método do holandês Wim Hof, a imersão em gelo vem se tornando cada vez mais popular entre as pessoas que procuram melhorar sua performance física e mental.

É uma das práticas horméticas mais intensas e desconfortáveis para quem está se iniciando neste conceito, porém é também uma das que trazem os melhores benefícios para saúde, como alívio das dores musculares, desinflamação corporal e ativação do sistema imunológico.

Política de Privacidade | Termos de Uso